Contenido principal del artículo

Marcelo Coutinho Vargas
http://orcid.org/0000-0003-0347-3148

Resumen

Na análise da “crise hídrica” que se abateu sobre o sudeste brasileiro no biênio 2014-2015, atingindo a Grande São Paulo, podemos distinguir dois aspectos inseparáveis, mas analiticamente distintos: de um lado, o evento climático extremo, caracterizado por uma queda drástica sem precedentes na pluviosidade mОdia da região; de outro, a crise de abastecimento de água provocada pela estiagem. Se o fato gerador foi a estiagem excepcional daquele período, a crise decorrente no abastecimento de água da metrópole configurouse a partir de uma condição latente de vulnerabilidade e baixa resiliência que nada teve de acidental, tendo sido socialmente construída ao longo do tempo.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Detalles del artículo

Cómo citar
Coutinho Vargas, M. (2020). A “crise hídrica” na grande São Paulo (2014-2015): vulnerabilidade climática e déficit de governança. Antropología Americana, 4(8), 87–116. https://doi.org/10.35424/anam82019%f
Metrics
Vistas/Descargas
  • Resumen
    1047
  • PDF (Português )
    906
  • HTML (Português )
    584
  • ePub (Português )
    303
  • XML (Português )
    0
Sección
Artículos

Métrica